NetRosas Telecom e Ponto de Partida apresentam a primeira exposição de Bob Wolfenson em Minas Gerais

Estação Ponto de Partida abre sua programação de artes visuais com a primeira exposição de Bob Wolfenson em Minas Gerais

“O Indivíduo e a Multidão” reúne duas mostras do fotógrafo – retratos e nósoutros, de 7 de abril a 1º de maio, em Barbacena.

Bob Wolfenson está às vésperas de completar 50 anos de carreira. Ficou conhecido por fazer ensaios antológicos de moda e nus para as principais revistas do Brasil e do mundo, consagrou-se como um dos retratistas mais respeitados do país, produziu trabalhos independentes que integram o acervo de museus como o MASP, o MAM-SP e o MAC e tem publicações em casas editoriais como a Companhia das Letras e a Cosac Naify. Tornou-se um fotógrafo inclassificável, irrestrito: difícil medir a envergadura de quem desafia as próprias asas. Em seu último projeto, Nósoutros, partiu em busca de uma mesma cena urbana, em 15 países e em diferentes estações do ano compondo um tratado contemporâneo da população das grandes cidades, em panorâmicas que chegam a sete metros de largura. A exposição “O Indivíduo e a Multidão” une este trabalho a uma série de retratos que vão de Nina Simone a Caetano Veloso, João Cabral de Melo Neto a Hélio Oiticica, feitos entre 1976 e 2013 e trata não só dos contrastes presentes nesses dois conjuntos - horizontalidade x verticalidade, cor x p&b, ser visto x desaparecer, mostrar-se x esconder-se, anonimato x notabilidade,  mas também das diferentes posturas adotadas pelo fotógrafo - ora invisível, uma vítima urbana da imprevisibilidade, ora dirigindo praticamente tudo, cenário, luz, mão, olhar.

Inaugurada pelo Ponto de Partida, grupo de teatro mineiro de 36 anos, como conjunto cultural, em agosto de 2015, a Estação Ponto de Partida, além de ser a sede das criações do Grupo, abriga a Bituca: Universidade de Música Popular e a Casa Palavra, dedicada à literatura e aos encontros, onde funciona um café/bistrô. O conjunto arquitetônico onde funcionou a Sericícola e que estava a ruir, foi inteiramente restaurado pelo Grupo e, além de ser um centro de produção e formação artística de referência, oferece programação cultural permanente. Já passaram por lá, Milton Nascimento, Fernanda Montenegro, Dori Caymmi, Mônica Salmaso com Teco Cardoso e Nelson Ayres, Wagner Tiso, Sergio Britto, Hamilton de Holanda, Spok Frevo Orquestra, Grupo Galpão, Caco Barcellos Xico Sá, Danilo Miranda (palestra), Clowns de Shakespeare, Luna Lunera, Juarez Moreira, Gilvan de Oliveira, Cléber Alves, Cia Navegantes Teatro de Marionetes, Júlio Maria (lançando a biografia de Elis Regina), o próprio Ponto de Partida e os Meninos de Araçuaí. 

Em parceria com empresas locais, a Galeria Millan (SP) e Bob Wolfenson, abre sua programação de artes visuais trazendo, pela primeira vez, uma exposição de Bob para o estado de Minas Gerais, com a presença do fotografo e um bate-papo sobre sua carreira. O próximo nome confirmado é Ronaldo Fraga e a data será divulgada em breve.

 

O INDIVÍDUO E A MULTIDÃO | BOB WOLFENSON

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

 

7 de abril a 1º de maio, 2017

Quinta e sexta, de 16h às 21h, sábado, de 10h às 21h 

Gratuito

Abertura 7 de abril, 20h | Bate-Papo 8/04, 11h

Retirada de senhas 

Estação Ponto de Partida

Rua Luiz Delbem, 80 . Barbacena . MG

Informações: 32 3331-5803

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

 

Fátima Jorge -  fatimajorgepp@gmail.com | 32 3331-5803 . 99977-1028

Júlia Medeiros - julia@grupopontodepartida.com.br | 32 3331-5803 . 99957-072